Colaboradores


Albergio Diniz

Natural de Recife, iniciou seus estudos musicais em 1978 no Conservatório Pernambucano de Música  e na Escola de Belas Artes da UFPE. Graduou-se como Bacharel em Música-instrumento (1983) pela UFPE, onde estudou violão. Mestre em Música - Execução Musical (Violão) pela UFBA.
Foi monitor da disciplina Violão na UFPE e professor no Conservatório Pernambucano de Música. No ano de  1986 passou a integrar o quadro de professores do Dpto. de Músicada UFPB. Lecionou também durante  o I Seminário de Violão do Nordeste no Conservatório Pernambucano de Música e foi um dos coordenadores e palestrante do II Seminário de Violãodo Nordeste - Dpto. de Música - UFPB.
Atualmente cursa o Doutorado em Violão na Universidade Federal da Bahia na área de Execução Musical.

______________________________________
Conceição Perrone

Professora Assistente da UFBA, (Escola de Música) e Professora Titular da UCSAL, (Instituto de Música). Como executante de instrumentos antigos, dedicou parte do seu desempenho, como intérprete, na divulgação da música antiga européia, fazendo parte dos conjuntos Musika Bahia e Anticália. Como bolsista da CAPES, estudou durante dois anos na Holanda (Koninklijk Conservatorium e Academie Voor Oude Muziek Amsterdam), realizando curso de especialização em flauta doce, cravo e piano do século XVIII. Em 1996 concluiu o mestrado em Etnomusicologia na Escola de Música da UFBA e atualmente planeja realizar o doutorado na área de História, tendo como tema para a construção do projeto de pesquisa a música na Bahia e seu aspecto social.
______________________________________
Cristina Tourinho

Professora Assistente da Escola de Música da UFba, onde leciona violão na extensão e graduação, trabalhando ainda com alunos de Licenciatura em Música que se dedicam a aula de instrumento em grupo.   Atualmente é aluna do Doutorado na EMUS e realiza pesquisa com atividades comunitárias em música  para o Projeto Viver com Arte da Fundação Cultural do Estado da Bahia.
______________________________________
Eduardo Luedy

Formado em Licenciatura em Música pela Universidade Federal da Bahia. Foi baixista de uma banda de rock  e é compositor bissexto. Na área de educação musical tem se dedicado à musicalização de adultos.
Atualmente faz mestrado em Educação Musical, nesta mesma instituição, e deve defender sua tese  em setembro deste ano (1998), que deverá versar sobre currículo e formação do educador musical.

______________________________________
Elizabeth Rangel Pinheiro

Professora aposentada pela Universidade Estadual de Campinas, atualmente faz parte do corpo docente da  Escola de Música da Universidade Federal da Bahia. Sua formação musical no Brasil inclui tanto as graduações  disponíveis, como trabalho com um grande número de professores com quem cruzou ao longo de sua vida.
Estudou na França com Nádia Boulanger na década de 70 e nos Estados Unidos obteve os títulos de Mestre  em Teoria Musical pela Indiana University, e de Doutor em Artes Musicais, Piano e Performance pela Boston University.

______________________________________
Jamary Oliveira

Professor Aposentado da Universidade Federal da Bahia. Mestre em Composição e Teoria da Música pela Universidade Brandeis e Doutor em Composição pela Universidade do Texas em Austin.
Membro da Academia Brasileira de Música (ABM), da Associação Brasileira de Educação Musical (ABEM), da International Society for Music Education (ISME), e membro fundador do Grupo de Compositores da Bahia, da  Sociedade Brasileira de Música Contemporânea (SBMC) e da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação  em Música (ANPPOM). Compositor com várias obras editadas, executadas e gravadas no Brasil e no exterior.
Pesquisador nível I pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), atuando junto ao Programa de Pós-Graduação em Música da Universidade Federal da Bahia.
______________________________________
Joel Barbosa

- Em Elaboração -
______________________________________
Luciano Carôso

Formando pela cadeira de Composição da Escola de Música da UFBA em 1998.
Recebeu o prêmio Edgar Santos referente ao 1º lugar na XXII Apresentação dos Compositores da Bahia (1994) com a Música Inner Side vindo posteriormente a participar com a mesma da XXII Bienal de Música Contemporânea no Rio de Janeiro.
Participou como arranjador e/ou revisor das apresentações do Projeto "Sala de Concertos", que vem  homenageando nomes da MPB como Caetano Veloso, Dorival Caymmi, Gilberto Gil e Moraes Moreira e das óperas Lídia de Oxum,  Narizinho e Lampião.
Como pesquisador de Iniciação Científica participou dos projetos de pesquisa: Informática em Música: Procedimentos e Funções Básicas, sobe a coordenação de Jamary Oliveira e S.A.M.BA.  (Sócio-Antropologia da Música na Bahia). Atualmente trabalha com o etnomusicólogo Manuel Veiga  no seu projeto sobre Modinhas e outros estilos musicais produzidos na Bahia dos séculos XVIII e XIX.

______________________________________
Manuel Veiga

- Em Elaboração -
______________________________________
Mário Ulloa

Formado pela Universidad de Costa Rica, 1986.Obteve o Konzertexamen na Musikhochschule Köln, com o professor Eliot Fisk, Alemanha, 1990, realizando também estudos de música barroca com o Prof. Konrad Junghännel, nesta instituição.Ganhador do Prêmio de melhor intérprete no I Concurso Internacional Agustín Barrios, em Assunção - Paraguai, 1994.Ganhador do 5º Prêmio no Concurso Internacional Printemps de la Guitare, Bélgica, 1996.Tem se apresentado em países como Panamá, Costa Rica, Alemanha, Áustria, Holanda, Noruega e nas principais capitais Brasileiras.
______________________________________
Pedro Kröger

Nasceu em Belém, Pará, a 17 de Setembro de 1974. Formado em Composição e Regência pela Universidade Federal da Bahia. Obteve alguns prêmios em composição como: 3º lugar no Prêmio Guerra-Peixe de Composição Musical (1998), com a peça Valsa e Choro; 2o lugar e Prêmio de Público no VII Concurso Nacional de Composição (1997), com a peça Introdução e Allegro; 1o lugar no II Concurso Nacional de Composição Cidade do Rio de Janeiro (1996), com a peça Divertimento; 1o lugar no VI Concurso Nacional de Composição (1994), com a peça Liberdade Assintótica.; 3o lugar na XII Apresentação dos Compositores da Bahia (1994), com a peça Cromos.
Um artigo seu, Burocracia, de Jamary Oliveira: Uma Visão Geral foi publicado como parte do livro A Música de Jamary Oliveira: Estudos Analíticos, editado pelo autor (Pedro Kröger).
Suas peças foram tocadas em diversos lugares do Brasil (Salvador, Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba, Brasília), América do Sul (Colômbia), e Europa (Viena, Áustria), onde uma música sua, Amore et dolore para clarinete solo, foi estreada por Joel Barbosa no Elektronischer Früling ’96: Klangprojektioskonzert an der Alten Schmiede.
Participou como bolsista de alguns projetos de pesquisa como: Informática em Música: Procedimentos e Funções Básicas, de Jamary Oliveira; O Acervo Etnomusicólogo da Escola de Musica da UFBA, de Angela Lüning; Investigando o Desenvolvimento Musical e Instrumental Através da Prática de se Tocar de Ouvido; de Joel Barbosa.
Atualmente é Professor Substituto do Departamento de Literatura e Estruturação Musical da Escola de Música da Universidade Federal da Bahia desde março/1998.
______________________________________
Selma Boulhosa Alban Cruz

Atualmente divide seu tempo entre as atividades de Professora de Historia da Música da UCSAL (Instituto de Música), e de Médica Oftalmologista, no Hospital Martagão Gesteira. Como executante de instrumentos antigos, dedicou parte da sua atividade na divulgação da música européia, participando dos conjuntos Musika Bahia e Anticália. Como pianista e como cravista apresentou-se diversas vezes tanto em concertos promovidos pela UCSAL quanto pela Fundação Cultural do Estado da Bahia. Desde 1980 dedica-se ao estudo sistemático da música medieval européia nos seus múltiplos aspectos.
______________________________________